Amor de carnaval


Nos conhecemos numa sexta,pré carnaval, eu vestida de sereia e você de super homem. A circunstância era um tanto quanto improvável, em pleno carnaval,no meio da folia, de tantos encontros descompromissados, do “ninguém é de ninguém”. Eu te avistei, e que vista hein moço.

Um bloco de rua, em meio a tanta gente purpurinada e um pouco trêbada , não era um dos lugares que eu imaginava me apaixonar, mas o destino é louco mesmo.

Trocamos olhares por bastante tempo e no fim do bloco,descobrimos que tínhamos um amigo em comum, marcamos de nos encontrar no bloco do dia seguinte. Porque carnaval é assim, você marca no próximo bloco que irá pular. Nos encontramos e combinamos fantasia kkkkkkkk, colombina e pierrot, e seguimos no bloco.

Fechamos o dia de folia num boteco, ás 7 da manhã, intercalando o café forte na tentativa de se recuperar da ressaca com uma água porque o calor já estava de matar. Eu queria muito reencontrá-lo antes do próximo bloco, mas meu corpo só pedia um banho e uma cama.

De sexta até a terça, passamos juntos em todos os bloquinhos, com purpurina até a alma e com a intenção de que nossas almas se tornassem uma. O super homem se chamava rodrigo, e antes de nos despedirmos ele me deu seu número e eu disse que ligaria quando chegasse em casa, e assim fiz, e do outro lado da linha alguém me diz :
 " - Rodrigo? mas aqui não tem nenhum rodrigo moça, alguém deve ter enganado a senhora". Eu toda esperançosa na expectativa de ter um replay do carnaval mas essa nossa "história " acabou antes da quarta-feira de cinzas, as águas de março a levaram.

Millena Oliveira

Olá, me chamo Millena,tenho 19 anos de pura criatividade e maluquice. Estudante de publicidade e propaganda e amante eterna das palavras.
Entra ai,fique à vontade !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário !

Instagram